Depressão & Low Carb

Aos 39 anos ,fui diagnosticada com depressão severa,tag,boderline. Até então ,eu tinha uma vida normal ,sempre com as características border,especialmente na adolescência,mas nada que me preocupasse ou a meus familiares,até porque ,esta característica era confundida com uma personalidade difícil,ou coisas de adolescente,hormônios….

Aos 38 anos ,comecei a ficar fisicamente doente,sangramento irregular,pensei,estou talvez fazendo uma menopausa precoce,começou então minha saga ao ginecologista e vários exames ,inclusive de tireoide,e tudo sempre normal,exceto por uma pequena anemia ,que não justificava os sintomas,pois era comum as mulheres na minha idade.

Fui evoluindo para tonturas ,novamente mais médicos ,mais exames e tudo normal.

Passei a ter crises hipertensas,chegando a 22/14 ,com medicação eu conseguia estabilizar em 16/14 ou por 12.Meu cardiologista ,me deu o primeiro Cid 10 de hipertensão,justificando que por ser mulher ,negra e acima do peso ,aproximadamente 12 kg ,era normal que eu estivesse dentro dessa estatística de hipertensão.

Com os exames do cardiologista ,voltei ao ginecologista e ele alegou que a causa do sangramento irregular excessivo se daria “talvez”ao problema de P.A.

Segue-se a vida ,razoavelmente normal,tomando as medicações de pressão fazendo medição diária e acompanhamento profissional (cardiologista).Ele recomenda exercícios alimentação balanceada e diminuição de sal.

Os meses passam e eu inicio uma compulsão alimentar assustadora,eu comia sem muitas das vezes perceber o que eu estava comendo….

Dia após dia o sono foi diminuindo,gradativamente,primeiro 6 horas ,depois 4,depois 2,depois eu não dormia mais.Durante quase 1 mês,eu não soube o que era dormir e quando eu conseguia era como se eu apenas fechasse os olhos ,mas conseguia ouvir todo o barulho externo,era um sono acordado!

Os cabelos foram caindo ,a tal ponto que tive que fazer um BC ,minha pele começou a manchar e criar espinhas( não sei se tem relação com a doença)

Comecei então ,mais um sintoma,a irritabilidade,passava 24 horas com os nervos a flor da pele,sem nenhum motivo aparente,comecei a ter enjoos ,vômitos ,diarreia constante,dores de cabeça contínua e dor muscular, muita dor na mandíbula(até hoje não sei porque).

Um dia eu fui levantar da cama e simplesmente não consegui,não era falta de força ou de ânimo ,era um peso me puxando para baixo,meu estomago revirava e eu só consegui ir de arrasto(literalmente) falando ,até próximo ao banheiro.Não consegui chegar até lá e fiz minhas necessidades ali mesmo,e fiquei deitada em meio aos meus próprios excrementos e vômitos.

Não sei por quanto tempo fiquei assim ,só sei que minha filha chegou e me levou imediatamente ao hospital,e ela relatou tudo o que estava acontecendo.Ao médico eu apenas dizia- estou cansada,muito cansada-.Na hora ele me encaminhou a psicologa,que me direcionou ao psiquiatra e me internou no hospital psiquiátrico municipal.

Eu apenas dizia -não sou louca-Ali passei cerca de 90 dias,desde então foram inúmeras internações ,inúmeras medicações e muita terapia.Estou estabilizada atualmente ,tenho muitas limitações ,mas estou aqui.Escrevo “estou aqui”,pois tive 3 tentativas de suicídio.Eu não digo suicídio ,propriamente dito ,até porque ,para se matar basta cortar uma artéria principal,eu tomei uma quantidade absurda de remédios mas era na intenção mesmo de dormir…Apagar,se caso eu morresse ,não seria de todo ruim ,afinal o vazio e a dor acabariam.

Este é um breve relato do porque eu estou aqui,criando este blog,que eu nem sei utilizar:

Com essa doença e as inúmeras medicações ,meu peso que já nutria um excesso de mais ou menos 12 kg acima do normal ,subiu para 138.900 kg (registro fotográfico apenas de 130.100 kg).Me vi então na condição de: se não morro de depressão ,morro em consequência da obesidade.Continuava a comer compulsivamente ,não conseguia fazer exercícios físicos,passava os dias comendo e sentada no sofá que apelidei “carinhosamente’de sofá da depressão.

Foi quando ,através de rede social ,conheci a Low Carb,defendida por profissionais como dr Solto,dr Juliano Pimentel ,dr Barack entre outros…Resolvi experimentar,afinal quem toma de uma só vez cerca de 300 comprimidos ,consegue comer BICHO &PLANTA.

Qual não foi minha surpresa ,em menos de duas semanas ,foram embora 10 kg aproximadamente.(tenho registro em foto).

Então em agosto de 2017 ,fui apresentada a low carb com 138.900 kg e hoje, dia 13/05/2018 eu estou com 96.100 kg ( registro em fotos).

Continuo depressiva= SIM

Continuo com a compulsão alimentar= SIM

Continuo com tag =SIM

Continuo border = SIM

Continuo hipertensa= em análise

Consigo dormir= menos de 5 horas noite

Consigo fazer exercícios= raramente…

Estou no meu peso ideal= NAO

Mas estou no caminho certo!!!

Entendam ,ter depressão ,tag ,boderline ,obesidade não é uma escolha ,mas se alimentar de forma incorreta sim.Uma coisa acaba contribuindo com a outra e a principal delas é a alimentação.Meus médicos ,minhas medicações e terapia semanal,estão contribuindo para que eu vença este mal ou tenha minimamente uma melhor qualidade de vida e estamos conseguindo ,só o fato de eu estar escrevendo já é um super avanço! Agora o alimentar bem ,de forma saudável é unicamente comigo.

Meu nome é Glauci,tenho 41 anos ,sofro de depressão ,tag e boderline(transtorno de personalidade limítrofe),tomo inúmeros medicamentos , faço terapia semanal com psicóloga ,mensal com psiquiatra ,atualmente  peso 96.100 kg, saí do manequim 58 para 46 e sou lowcarbiana.

 

 

 

 

Anúncios

Autor: Todadepressaoserabemvestida

Apenas alguém tentando ajudar....

38 comentários em “Depressão & Low Carb”

  1. Muitas destas enfermidades, posso te afirmar que com o Café Marita, que é Natural e o primeiro com certificado da Anvisa no Brasil, tu vai resolver, e consequentemente virá a perda de peso, pois ele vai tratando de dentro pra fora.
    É só seguir as instruções de uso de um bom distribuidor, e ter acompanhamento que vai se surpreender com o resultado 💪

    Curtir

      1. Boa tarde! Realmente a Low Carb, ajuda muito, também sigo e garanto que a auto estima é o fator principal. Com certeza não desista de vc e do seu tratamento, te agarra na razão do teu viver,que pelo que pude perceber é a tua filha! Um dia de cada vez, vencendo barreiras e limites! Parabéns!!

        Curtido por 1 pessoa

  2. Acredite que tudo vai dar certo .
    Nada como um dia após o outro.
    Tive o prazer de te conhecer, em um momento difícil da minha vida, estivemos juntos naqueles dias, que eram tristes , mas conseguimos dar algumas boas risadas. Fico feliz em ter você como amiga.😊💕

    Curtido por 1 pessoa

  3. A caminhada é longa e o sofrimento uma carga pesada , mas o fortalecimento vem através da perseverança. Estas no caminho certo , e que orgulho de ver tu transformar isso em uma forma de ajudar outras pessoas ,porque
    através disso tu tb vai ajudar outras pessoas a não desistir assim como tu não desisti.
    Bola pra frente e tudo vai resolver com graça de Deus. Torço por ti 😘😘

    Curtido por 1 pessoa

  4. Te aplaudo em pé 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👠💪❤
    Relatar td esto é de uma grandeza enorme, compartilhar esto vainajudar muitas pessoas a se entender e entender um poco mais sobre esta terrível doença!
    Muito obrigada!! 😘❤

    Curtido por 1 pessoa

  5. Olá Glauci, sei que não tivemos a oportunidade de nos conhecermos pessoalmente, mas você sabe o carinho que tenho por ti. Espero de verdade que saía dessa situação mais forte e que você tome essa experiência não somente para você, mas que através disso você possa ajudar outras pessoas, pois sou casado com uma psicóloga e trabalho com ela prestando serviço social numa casa terapêutica para dependentes químicos e ( apesar de ter sido criado para ver de forma bruta e ignorante sobre esse assunto ) vejo muitas pessoas que tem histórias com muitas complicações, mas que estão dispostas a se tornarem o melhor que elas podem ser e acredito que essa sua experiência te levará a ajudar outras pessoas. Um grande abraço.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Legal Glauce que entendes q o q tens é uma doença e não é culpa tua, bom q compartilhes p q outras pessoas se identifiquem e percebam q não estão sozinhas. Apesar da depressão e de tudo mais, quero q saibas q vejo Luz em ti, que gosto muito e que ti tenho como uma pessoa especial. Desejo q esta escuridão vá embora e de lugar a claridade, a alegria e a paz. Estou aqui, se precisares podes contar comigo.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Somente os corajosos se expõe desta forma. Parabens pela coragem!
    Parabéns pela força que vc tem!
    Este relato acho que é bom pra vc, por abrir o seu coração, mas tb para muitas pessoas que podem estar com os mesmos sintomas e não conhecem ao menos um caminho para solução.
    Bjs.

    Curtir

  8. Glauci Maria, me admiro das pessoas que agem espontaneamente com o coração, e tu foi uma de coração gigante que conheci e reconheço isso com extrema admiração e tenho por ti um carinho gigantesco. Hoje lendo teu relato vejo a real situação a que tivestes e estais ainda a lutar.
    Sem dúvida nenhuma, a luta é árdua, mas a combatente é mais forte e mesmo que amargue momentâneamente algumas perdas, a vitória será certa. Sejas determinada, assim como estais sendo enquanto escreve. Sejas forte, assim como sempre foi, sejas guerreira assim como quem explana sua vida e seus problemas num blog que é para mostrar a quem também tem o problema, de que é sim possível buscar e viver bem.
    Estou aqui, em aplausos, rezando e admirando ainda mais você, Glauci.
    Certamente veremos aqui seus relatos estando muito bem.
    Fica com Deus! Beijão no coração!

    Curtido por 1 pessoa

  9. glaucia fiquei surpreso ao saber que passasse por um momento dificil ainda mais depressao fico feliz de saber que voce esta e vai conseguir sair dessa fase conheci voce e sempre gostei de ti sempre de bem com a vida e feliz e forte batalhadora, continue sendo , continue com esse pensamento por mais dificil que possa ser uma hora passa eu acredito nessa vitória sua , voce esta fazendo a coisa certa entao tem que dar certo e voce ainda vai poder ajudar muitas pessoas como sempre ajudou um abraço bem forte que deus abencoe sua vida…

    Curtido por 1 pessoa

  10. Quando fui internava com vasculite, passei dois meses de cama sem conseguir ir ao banheiro ou tomar banho sozinha. Para quem morava sozinha e fazia tudo foi muito complicado. Uma vida dependente de pessoas e remédios… Diante dessa mudança brusca meu médico, com medo de me ver deprimida, me passou remédio para depressão. Era bem fraco, e me dava sono. Acho que não tive depressão, e se tive, o remédio resolveu. Mas tive que ter muita força, muitas vezes para levantar. Entendo você.

    Curtir

Deixe uma resposta para Ricardo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s